Tipos de Ortondontia. Qual escolher?

A ciência e a tecnologia no campo da odontologia estão avançando, e cada vez mais tratamentos ortodônticos estão disponíveis em clínicas dentárias. Hoje nós lhes contamos as vantagens de cada um deles.

Podemos dizer que hoje existe um tipo de ortodontia para cada tipo de paciente. Como você sabe, para obter os melhores conselhos sobre que tipo de ortodontia escolher, é melhor ir ao consultório do seu dentista. É o ortodontista que determina que tipo de ortodontia escolher, de acordo com as necessidades do paciente, para obter uma mordida estável, funcional e estética. Nem todas as ortodontias são adequadas para todos os casos. Se deseja receber conselhos sobre que tipo de ortodontia escolher, não espere mais e peça uma consulta nas nossas clínicas dentárias em Valência.

Tipos de Ortodontia:

Ortodontia fixa é o mais comumente usado hoje. Use fios e suportes fixados nos dentes. Ortodontia fixa pode ser de dois tipos:

Ortodontia fixa com braquetes externos. Esses braquetes são colocados na parte externa da arcada dentária, sendo claramente visíveis. Os braquetes metálicos são os mais utilizados, principalmente no caso de crianças e adolescentes, por serem os mais econômicos. No entanto, existem também os chamados “colchetes estéticos”, feitos de materiais plásticos, cerâmicos ou de safira que simulam a mesma cor dos dentes, sendo muito mais imperceptíveis ao olho.
Ortodontia fixa lingual. Este tipo de ortodontia baseia-se na colocação dos braquetes no interior da arcada dentária, deixando a superfície externa dos dentes livre. É uma das opções favoritas daqueles que não desejam usar braquetes externos por razões estéticas.

Ortodontia removível

A ortodontia removível tem a vantagem de poder ser removida para comer e escovar os dentes, o que facilita a higienização bucal e a limpeza do aparelho. Existem também dois tipos de ortodontia removível. Ortodontia infantil e ortodontia invisível (Invisalign).

Ortodontia infantil: é usada com “dispositivos” feitos de materiais acrílicos, que são fixados por meio de ganchos nos molares. Eles são especialmente usados ​​em crianças de 7 a 8 anos, que devem usá-los pelo menos de um dia para o outro e entre 4 e 6 horas por dia. Quanto mais demoram, é claro, mais rápida será a correção da prótese. Eles têm a vantagem de poderem ser removidos, por exemplo, para comer e lavar os dentes, o que facilita a higiene bucal e a limpeza do aparelho.

Ortodontia invisível (Invisalign): é a mais recente novidade em ortodontia. Consiste em um sistema de alinhadores plásticos transparentes que movimenta os dentes em etapas, evitando o tratamento com braquetes metálicos, o que lhes permite ser pouco perceptível aos demais.

Invisaling

Para sua fabricação, as medidas da boca do paciente e fotografias específicas são tiradas, e esses registos são enviados para os Estados Unidos, onde simulam as mudanças que ocorrerão semanalmente na correção dos dentes. Consequentemente, diferentes dispositivos são fabricados de modo que o paciente mude conforme os objetivos estabelecidos sejam alcançados.

É um tratamento indolor, muito higiénico, rápido e confortável para o paciente e, acima de tudo, muito estético. Uma alternativa perfeita para adultos que trabalham para o público e se recusam a usar parênteses.

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.