Explicações de Português

Explicações de Português no Quantum-Explicações. Nas nossas salas na Av. de Roma, em Lisboa, preparamos os alunos para os exames nacionais das disciplinas de Português  e Língua Portuguesa ou para o sucesso nas provas de avaliação durante o ano letivo.

Os programas de Português do ensino secundário e de Língua Portuguesa do ensino básico, pretendem  não só dotar os alunos de competências específicas, mas também de competências gerais.

São eixos de atuação no ensino básico :

–  O eixo da experiência humana, onde se situa a tensão entre a individualidade e a  Comunidade.

–  O eixo da comunicação linguística, dominado pela interacção do sujeito linguístico com os outros, seja pela prática da oralidade, seja pela prática da escrita.

– O eixo do conhecimento translinguístico, remetendo para a relação da língua com a aquisição de outros saberes a que ela dá acesso e que por seu intermédio são representados.

No que concerne ao ensino secundário.

Para além dos textos literários estudados, o objetivo fulcral da disciplina de Português, seja ela o Português A ou Português B, é o de criar e desenvolver competências linguísticas.

São inerentes a estas competências, o desenvolvimento e o aprimoramento das capacidades de falar, escrever e compreender, quer sejam enunciados escritos quer orais.

   

O exame nacional de Português, no final do 12º ano, avalia as referidas competências e o conhecimento sobre os autores literários estudados neste ano. O percurso programático do 12º ano, incorpora o Realismo, a Geração de Setenta, Antero de Quental, Eça de Queirós- Os Maias, Cesário Verde, o Modernismo, Fernando Pessoa ortónimo, Heterónimo Alberto Caeiro, Heterónimo Álvaro de Campos, Heterónimo Ricardo Reis, Fernando Pessoa- Mensagem, Luís de Stau Monteiro- Felizmente há luar, Miguel Torga, Sophia de Melo Breyner, Eugénio de Andrade, Virgílio Ferreira-  Aparição ou José  Saramago- Memorial Do Convento

                

Explicações de Língua Portuguesa ao 1º Ciclo, ao 2º Ciclo, ao 3º Ciclo e de Português ao ensino secundário.

Consulte os nossos preços  sobre as Explicações de Português, em Lisboa                                              

 

                                                                     

Explicações de Electromagnetismo e Óptica (EO)

Um dos conteúdos programáticos que os alunos, principalmente aqueles que  iniciam o ensino universitário,  sentem dificuldades, é sem dúvida o que se relaciona, com os programas da ciência física em particular a temática do eletromagnetismo.

Podendo estes conteúdos, serem inseridos em “cadeiras” com diversas denominações, podemos apelida-los, tomando como exemplo o Instituto Superior Técnico, ” Eletromagnetismo e Ótica “.

Esta unidade curricular exige a realização recorrente de cálculos matemáticos e o conhecimento teórico a par com a utilização cognitiva de leis físicas, das quais destacamos a Lei de Gauss, Lei de Joule, Lei de Ohm, Lei de Kirchoff, Lei de Ampére, Lei de Biot-Savart, Lei de Faraday, Lei de reflexão e refração, Lei de Coulomb, princípio de Fermat, entre outras.                                               eletromagnetismo

Os explicadores do Quantum-Explicações irão ajudá-lo a ultrapassar as suas dificuldades, explicando-lhe, entre outros …

O campo eletrostático no vácuo

Noção de campo e potencial

O campo eletrostático na matéria

A corrente elétrica estacionária

Densidade e intensidade da corrente

O campo magnético no vácuo

O campo magnético na matéria

As ondas eletromagnéticas, ondas planas monocromáticas

A indução eletromagnética

O carácter eletromagnético da luz

e a aplicar corretamente, os cálculos matemáticos inerentes à aplicação dos conhecimentos, utilizando a equação da continuidade de carga, as equações de Maxwell ou as equações de Fresnel e entre outras.

Solicite mais informações e consulte os nossos preços, para as explicações em sala no nosso Centro na Av. de Roma.

Explicações Geometria Descritiva Lisboa

O Centro de Explicações de Lisboa, em Alvalade, possui no seu quadro, Professores para lhe dar explicações de Geometria Descritiva. 

Geometria Descritiva

A geometria mongeana, correntemente denominada por geometria descritiva é um ramo da geometria que tem como objetivo representar objetos de três dimensões num plano bidimensional. Esse método foi desenvolvido por Gaspard Monge e teve grande impacto no desenvolvimento tecnológico sendo considerada, no início da sua sistematização, como segredo de Estado.  

A Geometria Descritiva serve de base teórica ao desenho técnico, permitindo a construção de vistas auxiliares, cortes, secções, rebatimentos, rotações, interseções de planos e sólidos, mudança de planos de projeção, determinação de verdadeiras grandezas  de distâncias, ângulos e superfícies, bem como o cálculo de volumes a partir dos dados extraídos das projecções ortogonais.

Para a arquitetura, engenharia ou o design de produtos ou equipamentos o conhecimento da geometria descritiva é essencial. A existência de um mais profundo conhecimento do método de Monge, permite utilizar com maior adequação, todo o potencial dos programas de CAD e das modelagens em 3D, que exigem o domínio de medidas, curvaturas e ângulos exatos.

A modelagem tridimensional comporta  no seu entendimento e construção os conceitos da Geometria Descritiva. É insuficiente o entendimento, para gerar maquetes virtuais de qualidade, sem o conhecimento de conteúdos específicos da mesma, como por exemplo, a localização de pontos através de coordenadas (X, Y, Z) nas suas formas absolutas ou relativas.

Também no domínio das artes, nomeadamente na Geometria Descritiva, os explicadores da Quantum-Explicações, estão disponíveis e motivados, no nosso Centro em Alvalade ( Av. de Roma) em ajudar os alunos a ultrapassar as dificuldades, como o fazemos em muitas  àreas do conhecimento, como na matemática, física, química, biologia, economia e no domínio das ciências humanas.

Consulte os nossos preços ou solicite mais informação sobre as Explicações de Geometria Descritiva em Lisboa

 

Feliz Natal e bom ano de 2018

Em “the philosophy of christmas”, Stephen Law fala-nos do “desembrulhar dos presentes de natal” e do egoísmo psicológico, da possibilidade de sermos generosos ou do nosso ato de oferecer  é ” um reflexo social condicionado”,  levantando aqui um interessante problema moral. Mas há mais problemas morais no desembrulhar das prendas de Natal ?

 natal2

Como é que um consequencialista vê o problema? E um deontologista? O autor discorre sobre o problema de deus e a sua relação na época natalícia, expondo, para tal, alguns dos principais argumentos em torno do problema da filosofia, da religião e da existência de deus. O autor centra-se nos argumentos cosmológico e do desígnio.Claro que a sociologia do natal tem muito que se diga. Do ponto de vista da filosofia, os problemas são outros.

Desejamos um feliz natal, e um bom ano de 2018, a todos os alunos, professores e suas famílias, sejam quem forem.

 

Explicações de Matemática

A matemática continua a ser uma disciplina em que grande parte dos alunos enfrenta dificuldades acrescidas.

Este fenómeno não é apenas, sensível no universo escolar Português e abrange genéricamente os alunos das escolas de quase todo o mundo (embora no nosso país esse fenómeno seja mais marcante), nomeadamente, nos paises desnvolvidos ou em vias de desenvolvimento.

Segundo as estatísticas oficiais, na União Europeia,  23% dos alunos do ensino básico, 68% dos alunos do ensino secundário e 31% dos estudantes do ensino superior, nos grandes centros urbanos, recebem explicações clássicas ou algum apoio complementar, no âmbito dos conhecimentos matemáticos.

As explicações presenciais e individuais em sala, são a melhor forma de ajudar os alunos a assimilarem com crítérios consolidados e pedagógicos, o conjunto de conceitos abstratos, porque numéricos, que refletem realidades insofismáveis.

A matemática requer por parte do aluno a apreensão sólida de conhecimentos teóricos que devem ser posteriormente testados ( cimentados ) em utilizações   práticas, isto é, a matemática necessita de pesquisa “laboratorial”.

Uma das formas erróneas, inscritas na pedagogia oficial do ensino da matemática a alguns anos a esta parte,  tem sido a  ” facilitação ” dos raciocínios, nomeadamente os raciocínios lógicos, enquadrando as experiências de jogos, meramente como interpretações de realidades, muito valorativas dos comportamentos e pouco adaptadas ao raciocínios em  contextos ciêntifico-sociais.

Por outro lado, esta facilitação do ensino de matemática, levaram os professores a utilizarem metodologias que repeliam e persistem ainda um pouco a repelir, o exercício de memorização, quando o treino de memorização, também, é essencial à nossa realidade objetiva.

Neste domínio, é exemplificativo, a permissão em sala de aula e fora dela, das máquinas de calcular, para resolução de problemas matemáticos, logo em tenra idade, como acontecia no 1º ciclo e 2º ciclo ( calculos aritméticos) ou mesmo já no 3º ciclo ( para ajuda a calculos matemáticos ).

A despeito da situação ter melhorado um pouco nos últimos anos, estamos longe, de um ensino-aprendizagem da matemática eficiente.

Essa realidade é ainda mais visível, quando alunos do 9º ano, com notas relativamente satisfatórias, ao passarem para o 10º ano de escolaridade, tem abruptamente classificações  negativas.

De facto a partir do ensino secundário o conteúdo programático e a exigência de conhecimentos da ciência matemática já não é tão facilitador e o impacto na consistência das bases de matemática (que deveriam estar cimentadas no ensino básico) é muito forte.

As explicações de matemática tem um papel muito importante na aquisição dos saberes, pois substituem (em todo o mundo), um ensino massificado na escola por um ensino personalizado e atendível às necessidades de competência específicas de um aluno concreto ( que não de uma turma).

O Quantum-explicações, ministra explicações de matemática, no sentido clássico e com excelente sucesso dos seus explicandos, por isso dizemos que temos respostas pedagógicas para si. Contacte-nos e informe-se sobre os nossos preços acessíveis para explicações de matemática do 1º ciclo, 2º ciclo, 3º ciclo e ensino secundário.

O que é afinal a matemática

O que é afinal a matemática e qual a sua relação com o mundo físico? Será apenas um instrumento útil criado por nós, uma linguagem artificial que nos permite descrever, prever e construir objectos e fenómenos? Ou, como pensavam os pitagóricos, Platão, Galileu, Kepler, Newton, Einstein e boa parte da física contemporânea, haverá uma conexão mais profunda entre a matemática e o Universo, sendo este intrinsecamente matemático na sua essência última e sendo assim a matemática o próprio código segundo o qual o próprio Cosmos se encontra escrito? Será essa a verdadeira explicação para o facto de a matemática funcionar tão bem e ser tão universal, tanto em termos da pura ciência teórica como relativamente às suas aplicações tecnológicas? Será essa a razão que justifica que todas as leis da Natureza, todos os padrões, regularidades e constantes que descobrimos no Universo e na Arte possuam uma estrutura matemática? Eis o Grande Mistério da Matemática.

Explicações de Filosofia

Para Aristoteles a filosofia é o conhecimento do primeiro grau, que vigia dia e noite a busca da verdade. A filosofia não brota por ser útil, mas tão-pouco pela ação irracional de um desejo veemente. É constitutivamente necessária ao intelectual.

A maturidade é tudo. Talvez que a filosofia nos dê, se lhe formos fiéis, uma sadia unidade de alma. Da unidade de espírito pode vir a unidade de caracter e propósitos que faz a personalidade e dá ordem à dignidade da vida.

Filosofia é conhecimento harmónico, criador, é disciplina que nos leva à serenidade e á liberdade.

Saber é poder, mas só a sabedoria é liberdade.

 Explicações de Filosofia para os alunos do ensino secundário, envolvendo as temáticas do conteúdo programático da disciplina:

  • Análise e compreensão do agir
  • Análise e compreensão da experiência valorativa
  • Dimensões da ação humana e valores
  •           A dimensão ético-política – Análise e compreensão da experiência convivencial
  •           A dimensão estética – Análise e compreensão da experiência estética
  •           A dimensão religiosa – Análise e compreensão da experiência religiosa
  • Racionalidade argumentativa e Filosofia
  •           Argumentação e lógica formal
  •           Argumentação e retórica
  • O conhecimento e a racionalidade ciêntífica e tecnológica
  • Desafios e horizontes da Filosofia

Consulte os nossos preços, temos respostas pedagógicas para si.

Explicações de Geografia 10º e 11º

O conhecimento geográfico inclui temas muito diversificados, como as componentes económicas, ambientais, sociais e culturais de um território.

A inclusão da disciplina de Geografia, no Curso Geral de Ciências Sociais e Humanas  e Curso Económico-Social, mesmo que optativa, permite aos alunos, nomeadamente, desenvolver atitudes que proporcionam a compreensão da relação entre o homem e a natureza, incentivar a participação nas discussões relativas à organização do espaço, e desenvolve o sentido de pertença … entre outros.

Assim os explicadores da Quantum-Explicações, ajudarão s alunos a compreender as temáticas da população utilizadora de recursos e organizadora de espaços, os usos, limites e potencialidades dos recursos naturais, os movimentos populacionais e a forma de comunicação, os novos desafios e oportunidades derivadas da integração de Portugal na União Europeia, explicando conceitos e temas integrado no programa da disciplina de Geografia como, por exemplo;

Desemprego, Emprego sustentável, Estruturas etárias, Índices de dependência de jovens e idosos, Assimetrias regionais, Capacidade de carga humana, Recursos endógenos e exógenos, renováveis e não renováveis, Amplitude da variação térmica, Radiações solares, Depressão barométrica, Toalha cársica e freática, Zona económica exclusiva ( ZEE ), Energia eólica e das marés, Política agrícola comum ( PAC), Fundos estruturais europeus ( FEDER, FEOGA, FSE) … e muito mais.

Consulte os nossos preços e contacte-nos, estamos sediados na Av de Roma, em Lisboa

 

8 Dicas para cuidar da sua boca no Natal

O Natal está a chegar e com ele, dias de alegria, celebração, encontros com familiares e amigos, comidas de negócios…, isto é, compromissos que tornam inevitável sair da rotina e comprometer alguns excessos que podem afetar nossa saúde e a de nossos dentes. Por este motivo, da Clínica do Marquês, damos-lhe algumas dicas básicas, para evitar riscos e cuidar da sua saúde bucal nesta data festiva que é o período do Natal. Ler Mais…

Fases de tratamento ortodôntico com Invisalign

Se está a pensar em melhorar o seu sorriso, pode optar por um tratamento com alinhadores invisíveis – Invisalign-.

É um sistema de ortodontia altamente estético baseado em talas removíveis que realizam pequenos movimentos gradualmente para conseguir um sorriso estético e funcional.

É um tratamento eficaz que é indicado para corrigir praticamente qualquer problema de alinhamento ou mordida dos dentes.

Depois de ter tomado a decisão de ter um sorriso perfeito e escolheu Invisalign para alcançá-lo, quais são os passos que irá seguir ao longo do tratamento? Ler Mais…